Confira dicas fundamentais para manter a sua câmara fria funcionando de forma econômica e conservando seus produtos de forma correta!

As câmaras frias, que também são chamadas de câmaras frigoríficas, têm como principal função guardar e refrigerar produtos em grande quantidade ou tamanho. Diferente dos refrigerados comuns, as câmaras frigoríficas conseguem armazenar grandes volumes e ainda disponibilizam um controle preciso de sua temperatura por meio de um controle digital moderno.

Para explicar melhor o funcionamento de uma câmara fria, vamos resumir o seu processo de forma simples: é um espaço grande de armazenamento que possui um termostato que identifica quando a temperatura está acima do ideal para determinados produtos que estão guardados no espaço e assim a câmara inicia um processo de resfriamento.

Para ser mais específico ainda: para resfriar o espaço, os ventiladores da câmara fria puxam todo o ar para o evaporador e o refrigerador retira todo o calor que estava no espaço.
 
Agora que você já entendeu melhor o funcionamento de uma câmara fria, a CN Cold tem ótimas dicas para a sua empresa ou seu espaço que necessita de uma câmara fria.

Por meio da adoção de boas práticas e um excelente entendimento de um sistema de refrigeração, a chance de conseguir usufruir de um desempenho excelente de uma câmara fria torna-se um fato e a sua empresa ainda terá uma vantagem em relação à concorrência.

Além disso, ainda é possível reduzir os custos e manter por mais tempo a qualidade dos produtos que estão armazenados na câmara frigorífica. Como é possível notar vantagens não faltam, por isso a CN Cold separou 5 dicas para que você saiba como manter o funcionamento eficiente da sua câmara fria, sem correr o risco de ter prejuízos.

Mas antes de você conferir as dicas, é importante que você confira algumas considerações. Para instalar uma câmara fria de qualidade, lembre-se dessas variáveis fundamentais:

  • Observe o tamanho da sala antes de escolher os equipamentos que serão instalados
  • Analise os produtos que serão estocados
  • Invista sempre em uma manutenção preventiva profissional
  • Esteja sempre verificando o sistema enquanto a câmara fria estiver funcionando

Agora sim, confira as 5 dicas para garantir que a câmara fria funcione plenamente!

Primeira dica: Não deixe de verificar a temperatura de entrada e da armazenagem

Os cuidados de armazenagem podem variar de acordo com o produto que será estocado na câmara fria, por isso, é fundamental que você esteja sempre checando a temperatura de entrada e a temperatura de armazenagem. Lembrando que a temperatura ideal depende, de acordo com o que está sendo guardado.

Ter esse cuidado pode ajudar a evitar que produtos sejam perdidos pela falta de um armazenamento adequado e mais: ainda é possível economizar energia, já que você estará exigindo menos esforço da câmara fria.

Segunda dica: é importante verificar a temperatura da câmara fria ao menos 3 vezes por dia

Dando sequência a primeira dica, é importante verificar a temperatura e desempenho da câmara fria ao menos 3 vezes ao dia, assim é possível evitar que você perca produtos pelo mau desempenho da câmara fria ou temperatura errada. 

Ter esse cuidado também ajudará a verificar possíveis erros mecânicos com antecedência e assim será possível solicitar a ajuda da manutenção técnica de forma até preventiva, para que não haja perda de produtos.

Terceira dica: tenha cuidado com a forma de armazenar produtos

Além de ter uma temperatura ideal e o sistema funcionando plenamente, é importante armazenar os produtos no ambiente interno da câmara de forma correta, só assim o sistema terá o desempenho que deve e ainda de forma econômica. 

E para conseguir armazenar da forma correta, busque utilizar estantes e estrados plásticos, além disso opte por deixar suas caixas distribuídas pelo ambiente, de forma que não deixe os produtos ficarem amontoados.

Uma importante observação: nunca exceda o limite da câmara fria e não deixe nenhum produto bloqueando o evaporador de conservação. Cometendo esses dois erros você pode acabar forçando demais o equipamento ou ainda bloquear o evaporador e assim impedir a circulação de ar.

Quarta dica: jamais deixe a porta da câmara frigorífica aberta por muito tempo

A câmara fria só pode ser aberta quando for necessário retirar ou armazenar um produto ou para a verificação do seu funcionamento. Isso porque, ao deixar a câmara frigorífica aberta por muito tempo pode acabar afetando a troca de temperatura do sistema de refrigeração, facilitar a entrada de umidade do ar e assim acabar permitindo a produção de gelo.

Quando uma câmara fria acaba produzindo gelo é necessário que haja a parada da produção para que haja o degelo. E isso é necessário, já que com uma camada de gelo há o bloqueio do evaporador e a consequência é um desgaste precoce do equipamento e aumento do consumo de energia.

É importante também manter as luzes apagadas quando não houver ninguém na câmara! Além de economizar energia, esse cuidado irá evitar o aquecimento do ambiente e assim o aumento da potência do sistema da câmara frigorífica sem necessidade.

Quinta dica: mantenha a higienização correta e em dia

A melhor forma de higienizar a câmara fria é utilizando um pano úmido e sabão neutro. Produtos à base de cloro, por exemplo, podem causar danos ao inox ou alumínio, como a oxidação com o tempo.

Os jatos de água também devem ser evitados, já que o excesso de água pode bloquear a serpentina do evaporador, causar infiltração no piso, entre outros problemas que podem acabar exigindo a manutenção da câmara fria.

E, falando em manutenção, não esqueça de manter ela em dia!

Além da importância de todas as dicas já citadas, é fundamental manter a manutenção com uma empresa profissional! Assim, não há risco de vazamentos, das portas não estarem vedadas corretamente, de acontecer problemas no sistema elétrico, entre outros defeitos por mal uso ou falta de manutenção periódica.

E com uma manutenção periódica, também é possível verificar pequenos reparos que podem evitar grandes problemas no futuro, como fios desencapados e vazamentos imperceptíveis. 

Realizando todos os cuidados citados e também optando por ter uma manutenção profissional de suporte, sua câmara fria terá mais tempo de vida útil e ainda irá proporcionar mais qualidade para que seus produtos sejam armazenados da forma correta.

Gostou do artigo de hoje? Continue acompanhando nosso blog e conferindo mais dicas como essas.