Conheça os benefícios e diferenciais que um sistema profissional de câmara fria industrial pode oferecer para sua empresa.

Caso sua empresa seja de um segmento que necessita de refrigeração comercial ou industrial, ou seja, farmacêuticas, empresas de alimentação, laboratórios responsáveis por vacinas e até necrotérios, muito provavelmente sua organização necessita de uma câmara fria industrial para que sua instituição tenha um bom desempenho no mercado.

Uma câmara fria industrial tem como objetivo proporcionar ao cliente alta tecnologia para que produtos perecíveis, sejam conversados da forma correta. E mais do que isso, uma câmara fria oferecida por uma empresa profissional, além de conservar da forma correta alimentos e bebidas, também tem como função manter a temperatura ideal de armazenamento de produtos do segmento farmacêutico e da agroindústria.

Provavelmente, se você está nesse texto já deve ter a ideia sobre a importância de uma câmara fria, independente do segmento da sua empresa ou mesmo do porte da sua organização. Mas, será que você sabe todos os benefícios que uma câmara fria pode oferecer e quais são todas as funções de um sistema como esse? Confira o artigo até o final!

Entenda mais: o que é uma câmara fria?

A câmara fria industrial nada mais é do que um sistema que necessita de um conjunto de equipamentos que proporcionam ao espaço de instalação uma temperatura controlada. O objetivo é conservar todos os componentes, sejam eles alimentos, produtos ou medicamentos, na temperatura indicada.

Geralmente, a temperatura pode ser mantida entre 0ºC até 18ºC, mas apesar dessa projeção, em muitos casos a instalação da câmara pode chegar a temperaturas negativas ou mais altas do que a citada.

Para que você entenda melhor quais produtos e utensílios podem ser refrigerados nesse processo, separamos alguns exemplos de alimentos refrigerados dentro do resfriamento de 0°C a 18°C e também os congelados, que são mantidos abaixo de 0°C. Veja alguns:

  • bebidas alcoólicas e não alcoólicas, como: cerveja, vinho, refrigerantes e sucos
  • frutas variadas, principalmente as tropicais;
  • carnes vermelhas
  • laticínios (queijos e manteiga)
  • frios e embutidos (presunto, salame, peito de peru e mortadela)
  • verduras e legumes, de todos os tipos
  • cogumelos
  • iogurtes
  • grãos e sementes

No caso dos itens que são armazenados de forma congelada, podemos citar:

  • aves 
  • carnes congeladas  
  • frangos (frango ou galinha)
  • gelo
  • sorvete (seja com água ou com leite)
  • polpas
  • frutos do mar (de todos os tipos, como: camarão, lagosta, mariscos, polvo e lula)

Como você já deve ter entendido, a câmara fria industrial é essencial para que sua empresa consiga conservar seus produtos dentro de todas as exigências e normas previstas em lei, para que os alimentos e qualquer outro produto perecível sejam conservados da maneira correta, antes de chegar ao consumidor final. 

Pode parecer muito complexo, mas um sistema de câmara fria para indústrias, utiliza componentes muito similares aos de aparelhos de refrigeração comuns, ou seja, aqueles utilizados em geladeiras, freezers e ar condicionado para residências.

Como é um sistema de câmara fria industrial?

O sistema de câmara fria industrial, possui como componente compressores, condensadores, evaporadores e ventiladores, que possuem o objetivo de garantir que o espaço tenha uma temperatura correta e ainda mantenha o ambiente com um ar de qualidade, para que os colaboradores da empresa consigam trabalhar da melhor forma possível.

Sabendo como é o sistema, fica mais simples entender mais sobre o funcionamento da câmara fria. Afinal, conhecer sobre seu funcionamento é extremamente importante para saber quais os pontos de atenção na hora de contratar uma empresa especializada na instalação de uma câmara fria industrial.

É importante, entender primeiramente que o processo de refrigeração, por meio de uma câmara fria, tem como base a redução forçada da temperatura do produto em questão, por meio de uma transferência de calor e um fluído de refrigeração que circula pelo próprio sistema, é o principal ponto do artigo

Mas, pensando em tornar o conteúdo ainda mais claro, separamos alguns pontos para que você entenda quais são os principais componentes de uma câmara fria industrial. Conheça!

Compressor: essa parte do sistema tem como objetivo puxar ou aspirar o ar que está em estágio de superaquecimento no evaporador e assim comprimi-lo para o condensador. Após o final do processo ele volta ao seu estado líquido, a ação vai causar o aumento da temperatura do gás.

Condensador: o condensador vai absorver a alta temperatura do gás que vai resultar na evaporação dentro do evaporador e ainda condensá-lo. Seu processo contém basicamente tubos, serpentina e o fluido refrigerante.

Evaporador: a parte do evaporador acumula o gás líquido do sistema do condensador com o auxílio de uma válvula de expansão. O objetivo é tirar todo o calor do ar do ambiente e assim a pressão do local será mantida da forma correta.

Válvula de expansão: essa válvula diminui a pressão que o gás causa na chegada do condensador e assim causa a evaporação por meio do processo de ebulição.

Ventiladores: como o próprio nome já diz, os ventiladores proporcionam a ventilação correta da câmara fria. Eles ajudam a resfriar o espaço e ainda distribuem esse ar.

E quais são as vantagens do sistema para empresas, independente do segmento?

Você já deve ter notado que a câmara fria trabalha para auxiliar no resfriamento e congelamento de produtos e utensílios para grandes e pequenas indústrias e comércios. Investir em uma sistema eficiente oferece excelente custo benefícios, tais como:

  • O resfriamento de uma grande quantidade de produtos e alimentos ao mesmo tempo, mantendo a temperatura adequada de forma homogênea. Esse detalhe pode auxiliar e muito na expansão dos negócios da sua empresa, afinal uma câmara fria industrial eficiente proporciona um armazenamento de maior porte, o que diminui o tempo de entregas sem que o produto perca qualidade.
  • Controle de temperatura preciso: com um sistema eficiente, há o controle de temperatura realizado de forma precisa. Isso quer dizer que não há riscos de oscilação de temperatura, assim causando a instabilidade na duração dos produtos.
  • Sistema personalizado: a câmara fria industrial é instalada de forma personalizada, de acordo com as necessidades de cada cliente. Isso quer dizer que com uma empresa especializada, o cliente terá como benefício uma análise do segmento e a adaptação do sistema no espaço da empresa.

Conclusão: um sistema de câmara fria industrial é essencial para manter seus produtos em qualidade e mais do que isso, pode ser fator fundamental para que a sua empresa consiga crescer no segmento proporcionando um excelente diferencial.

Gostou do conteúdo de hoje? Continue nos acompanhando!